top of page
Buscar
  • Foto do escritorLeticia Capuruco

Como os treinadores podem ajudar a criar autoconfiança nos atletas?


A autoconfiança é a moeda do desempenho esportivo: quanto mais você tem que “gastar”, melhor pode ser o desempenho. E, como qualquer outra moeda, a autoconfiança precisa ser conquistada por meio de trabalho árduo, salva e gasta quando e onde puder ter o maior impacto.


Para qualquer atleta, isso significa ganhar autoconfiança por meio de um comprometimento com todos os aspectos da preparação e, ao fazer isso, salvar um estoque de evidências que cresce com o tempo para dar a eles o poder de “comprar” qualquer desempenho. Quanto "mais caro" o desempenho (ou seja, quanto mais alto o nível), mais confiança é necessária, mais evidências você precisa - ou seja, quanto mais alto o nível de desempenho, mais difícil e consistentemente você tem que trabalhar.


Todo treinador esportivo fala sobre duas coisas:criar programas de treinamento vencedores e desenvolver autoconfiança em seus atletas. Eles são como o tempo e a gravidade: são as duas constantes em todo o universo!


No entanto, há poucos artigos sobre como os treinadores podem ajudar os atletas a desenvolver autoconfiança "real": quero dizer, autoconfiança genuína, resiliente, "à prova de balas": a autoconfiança que pode suportar a dor, pressão e fadiga de preparação e desempenho: autoconfiança construída em evidências reais e não dependente de retórica vazia, elogios superficiais e palavras motivacionais cafonas.

Então, como você treina a autoconfiança a partir de uma abordagem baseada em evidências?

Não há dúvida de que a autoconfiança é a pedra angular de todos os grandes desempenhos esportivos. O nível de autoconfiança que um atleta possui é igual à sua autoconfiança multiplicada pela evidência que acumulou em sua preparação e desempenhos anteriores.


Em outras palavras, Autoconfiança = Quem sou x O que faço.


O que é uma abordagem baseada em evidências para desenvolver autoconfiança?A adoção de uma abordagem baseada em evidências para desenvolver a autoconfiança se resume a uma coisa - preparação.


Em outras palavras, como técnico, você tem controle sobre a criação e manutenção do padrão e da qualidade do ambiente de preparação do seu atleta e equipe. Você pode conduzir esses fatores por meio de suas próprias habilidades de treinamento e liderança ou capacitar seus atletas para que eles próprios conduzam esses fatores. Mas, de qualquer forma, é disso que se trata o grande treinador : criar o ambiente onde a oportunidade de sucesso seja aumentada.


Esta é a própria essência de uma cultura de alto desempenho: aquela em que o padrão e a qualidade de cada aspecto do ambiente de preparação é sobre excelência e vitória: sobre níveis incomparáveis de esforço, energia, entusiasmo e comprometimento.


Atletas e equipes que prosperam em uma cultura de alto desempenho acumulam evidências: as evidências de que precisam para criar autoconfiança para um bom desempenho.


Pense em seus próprios atletas por um momento.


Imagine como eles podem se sentir sabendo com certeza absoluta que todos os aspectos de sua preparação - a preparação que eles realizaram no ambiente de treinamento e cultura que você criou - é o melhor que poderia ser em cada detalhe.


Imagine como eles se sentiriam ao se preparar para competir ou jogar sabendo com absoluta certeza que o que eles fizeram todos os dias - seu treinamento, sua recuperação, sua nutrição, seu controle do sono, seu controle de emoções - em seu ambiente de preparação foi o melhor que qualquer atleta ou qualquer time que eles irão enfrentar na competição.

Como eles se sentiriam ? Uma palavra: Confiantes.


Então, como os treinadores podem ajudar a criar autoconfiança nos atletas?

Existem cinco ações principais que os treinadores podem realizar para ajudar a criar autoconfiança nos atletas - ou mais precisamente, maneiras como os treinadores podem fornecer um ambiente onde os atletas têm a oportunidade de construir evidências e, assim, criar autoconfiança:


1. Crie oportunidades para os atletas aprenderem fazendo. A evidência é o que um atleta faz - não o que ele ouve, não o que você diz, não o que ele pensa - mas o que realmente faz.


2. Crie oportunidades para que os atletas aprendam, resolvendo problemas e superando adversidades. Treinadores experientes usam a solução de problemas como uma ferramenta central de treino. Apresentar problemas para resolver e situações difíceis de superar ensina aos atletas lições duradouras e constrói uma base sólida de evidências para os atletas recorrerem quando a autoconfiança for necessária.


3. Estabeleça padrões e atitudes elevados - e se comprometa com eles. Depois de estabelecer o ambiente de preparação que você acredita que fornecerá as evidências de que seus atletas precisam para criar uma autoconfiança forte e robusta, comprometa-se com a sua entrega.


4. Ensine os atletas a liderar, capacite-os para liderar e dê-lhes a responsabilidade de manter um ambiente de preparação que forneça evidências de qualidade de maneira consistente. Um ambiente de preparação onde os padrões, valores e atitudes são sustentados pelos próprios atletas é o que há de mais poderoso no esporte.


5. Redefina as metas com frequência - incluindo a sua própria - o sucesso é um alvo em movimento. Mude continuamente os padrões e atitudes para mais alto - esforce-se para garantir que seu próprio aprendizado, desenvolvimento e comprometimento sejam maiores do que os de seus atletas. Deixe que seu próprio treinamento seja a evidência mais forte em sua preparação .

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page