top of page
Buscar
  • Foto do escritorLeticia Capuruco

A confiança consiste em pensar que você pode e atingirá suas metas



Nas entrevistas após as competições, atletas e técnicos inevitavelmente comentam o papel crítico da autoconfiança para o seu sucesso ou fracasso.


As vezes a confiança é sentida não apenas pelos atletas , mas também por seus adversários . As pesquisas também indicam que o fator mais consistente para distinguir atletas altamente bem-sucedidos dos menos bem-sucedidos é a confiança


A psicologia do esporte define autoconfiança como a crença de que você pode realizar com sucesso um comportamento desejado . O principal para que isto aconteça é ter uma abordagem mental positiva. A autoconfiança pode ajudar o indivíduo a despertar emoções positivas, facilitar a concentração, estabelecer metas, aumentar o esforço, concentrar suas estratégias de jogo e manter o embalo.


Quando você se sente confiante, tem mais probabilidade de permanecer calmo e relaxado sob pressão. Esse estado mental e corporal permite que voce seja agressivo e positivo quando o resultado da competição fica equilibrado.


A confiança facilita a concentração. Quando você se sente confiante, sua mente fica livre para se concentrar naquilo que está fazendo. Quando lhe falta confiança, tende a se preocupar sobre como está se saindo e sobre como os outros veem seu desempenho.


A gente ja falou de metas por aqui, né ? Então, a confiança também afeta o estabelecimento das metas.


As pessoas confiantes tendem a estabelecer metas desafiadoras e a persegui-las ativamente.



A confiança aumenta o esforço, o empenho e a persistência na busca de um objetivo.


A confiança também afeta as estratégias de jogo . As pessoas no esporte muitas vezes se referem a “jogar para ganhar ” ou , ao contrario , “jogar para não perder”.


Os atletas confiantes tendem a jogar sempre para ganhar; não tem medo de correr riscos e, portanto, assumem o controle da competição para obter a vantagem.

Pessoas confiantes em si mesmas e em suas capacidades nunca desistem. Consideram as situações adversas como desafios e reagem com maior determinação.


Provavelmente, a relação mais importante para os atletas profissionais é aquela entre a confiança e o desempenho. Uma forte crença em si mesmo o ajudará a lidar bem com erros e equívocos e a manter sua busca em direção ao sucesso.


Muitas pessoas têm as habilidades físicas para serem bem-sucedidas ,mas lhes falta confiança na capacidade de realizar habilidades sob pressão, quando o jogo ou a partida está nivelado . Duvidar de si mesmo prejudica o desempenho cria ansiedade , interrompe a concentração e provoca indecisão .


Indivíduos com falta de confiança concentram-se mais nas deficiências que em seus pontos fortes , distraindo se em relação ao que estão fazendo. Por outro lado, pessoas excessivamente confiantes podem piorar o desempenho por acreditarem que não precisam se preparar ou se esforçar para conseguir o que desejam.

Via de regra, o excesso de confiança é muito menos problemático do que a falta dela. Entretanto, quando ocorre, os resultados podem ser igualmente desastrosos.


A situação mais comum é quando dois jogadores ou times de diferentes capacidades se enfrentam . O melhor jogador ou time costuma chegar para a competição com excesso de confiança . Negligencia a preparação e joga casualmente, o que pode muito bem fazê-lo ficar para trás já no inicio da competição.


O adversário, nesse meio-tempo ,começa a ganhar confiança, dificultando ainda mais que os jogadores excessivamente confiantes consigam virar o jogo e vencer a competição .

Expectativas positivas de sucesso parecem produzir efeitos positivos e muitos âmbitos da vida, incluindo o esporte . Ter a expectativa de vencer um oponente difícil ou de ter sucesso ao realizar uma habilidade difícil pode produzir um desempenho excepcional quando vencidas barreiras psicológicas .


E quais são as fontes de auto confiança ?


Os sentimentos individuais de autoconfiança derivam de seis fontes principais de informação: realizações de desempenho, modelagem, persuasão verbal, visualização , ativação e estados emocionais.


Se as experiências forem, em geral, exitosas, elevarão o nível de autoconfiança. Por isso é tão importante que suas metas sejam desafiadoras porém realistas. Pessoas que observam modelos hábeis, similares aos próprios observadores, melhoraram a autoconfiança e o desempenho. Para aprender pela observação, deve-se primeiro prestar muita atenção ao modelo , estar comprometidas a memorizar o ato observado e sentir-se motivado a realização . Um atleta que se sinta energizado e positivo pode apresentar sentimentos de autoconfiança aumentados.



Uma pesquisa indicou claramente que a confiança pode atuar como um determinante de desempenho e comportamento. Agora que você entende a relação entre confiança e desempenho e percebe que o excesso ou a escassez de confiança podem prejudicar a eficácia, o próximo passo é identificar os níveis de confiança em diversas situações.

Os atletas podem fazê-lo respondendo às seguintes perguntas:

Em que ocasiões fico excessivamente confiante? De que forma me recupero dos erros? Em que ocasiões tenho duvidas? Minha confiança é consistente durante todo o jogo? Fico hesitante e indeciso em certas situações? Gosto de jogos altamente competitivos e difíceis? Como reajo à adversidade?

Muitas pessoas supõem que você tem ou não tem confiança. Entretanto, ela pode ser desenvolvida por meio de trabalho, treinamento e planejamento. A confiança pode ser melhorada de várias maneiras: foco nas realizações de desempenho, atuação, reação e pensamento confiante , uso da mentalização ,uso de um mapa dos objetivos, otimização do condicionamento fisico e do treinamento e preparação .

Os atletas devem se concentrar mais em reagir aos erros e enganos com confiança que reagir com emoção e comportamentos improdutivos. Centralize-se fisicamente por meio de uma postura confiante e respiração profunda( expire a tensão e os pensamentos negativos).


Use sua estratégia preparada de diálogo interior. Pensamentos e diálogos interiores devem ser instrutivos e motivadores, não críticos. O diálogo interior positivo não apenas pode dar dicas de desempenho específicas, mas também manter a motivação e a energia altas. Concentre-se nos pensamentos sobre coisas controláveis e sobre o processo de desempenho.

A confiança consiste em pensar que você pode e atingirá suas metas

Associada ao pensamento positivo está a ideia de recordar seus bons desempenhos, e não apenas os insatisfatórios ,os enganos e os erros Um dos usos da mentalização consiste em ajudar a desenvolver a confiança.

Eu sugiro que os atletas criem um filme mental de 1 a 2 minutos com seus melhores desempenhos para lembrá-los das capacidades e ajudá-los a gerar sentimentos e pensamentos positivos.


Estar na melhor forma física possível é outro segredo para se sentir confiante. Na maior parte dos esportes ,os atletas treinam o ano inteiro para melhorar a força ,a resistência e a flexibilidade e classificam o preparo fisico como uma das principais fontes de confiança.

Uma intervenção de treinamento mental jamais pode substituir a habilidade e condicionamento físicos necessários para atuar no esporte; na verdade, treinamento e pratica rigorosos devem ser integrados a um treinamento mental solido.

A boa preparação também inclui o estabelecimento de uma rotina pré-competição. Saber exatamente o que vai acontecer e quando acontecerá propicia confiança e acalma a mente. Estar seguro de quando você vai comer, treinar, alongar-se e chegar à competição ajuda a desenvolver uma confiança que se estende à própria competição.

Atenção treinadores: As realizações de desempenho constituem a forma mais poderosa de desenvolver confiança. Então crie situações que permitam que os atletas tenham sucesso e uma sensação de realização. Técnicos com autoconfiança elevada tem percentuais de vitoria mais elevados ,tiveram jogadores com níveis mais altos de satisfação, usaram mais o elogio e o incentivo. Pesquisas mostram que os atletas sentiram que os técnicos eficientes em aspectos diferentes da profissão ajudaram- nos a ter mais satisfação com sua experiência e a se esforçarem mais (eficácia motivacional),desenvolver mais confiança (eficacia técnica) e melhorar o comportamento pró-social (eficacia de construção do caráter).







7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page